Quer mais informações?

Ligamos Para Você!

A busca pelo equilíbrio é a receita ideal para você compor ambientes que tenham charme e elegância, sem exageros. Por isso, cada detalhe do décor precisa ser minuciosamente pensado para não gerar frustrações no decorrer da obra. E quando se trata de pisos e mobiliário, o grau de seriedade é ainda maior, pois são peças fundamentais para formar a identidade do ambiente e não são alteradas com tanta frequência e facilidade, como é o caso de itens que complementam, por exemplo, um tapete ou uma cortina.

Home Theater. Projeto: Samara Barbosa. CASACOR Paraná 2019

É imprescindível o acompanhamento de um profissional como arquiteto, designer de interiores ou decorador para um resultado satisfatório e enobrecedor. Mas preparamos esse conteúdo como forma de auxílio para esse momento tão importante com algumas dicas para facilitar a harmonização de tonalidades do piso de madeira com a atmosfera do espaço.

Com tantas variedades de pisos de madeira disponíveis, as pessoas muitas vezes se perguntam se existe um piso ideal para combinar com cada estilo de móveis ou decoração, mas fiquem tranquilos, não é bem assim. Um mesmo tipo de piso pode formar propostas diferentes, por exemplo, o rústico ou de madeira de demolição, embora tragam uma ideia mais bruta, também acrescenta contemporaneidade aos espaços, então isso acaba sendo muito relativo.

Quando se trata de cores, contrastes são bem-vindos. Móveis escuros e piso claro, ou vice-versa não é um problema, porque o segredo está em pincelar detalhes que façam essa transição de maneira sutil e minimizando a diferença das tonalidades, como o uso de tapetes e almofadas.

1 – Conectando cores:

Uma das características mais marcantes da madeira natural são os veios. Geralmente riscados irregularmente pela perfeição da natureza, eles se destacam e podem ser usados como inspiradores para compor. Como apresentam cores que contrastam da base, é possível usar esse gancho para pincelar outros artigos da decoração.

2 – Liberte-se de padrões::

Loft On Life REEVEV. Projeto: Crippa & Assis Arquitetura e Incorporadora.

Com delicadeza e cuidado, explore novas combinações. Você não precisa se ater a um mesmo padrão. Se você quer usar cores pontuais e marcantes nos móveis, quadros e paredes escolha um piso mais neutro, assim encontrará o equilíbrio, mesmo em um cenário mais ousado.

3 – Adote uma cor base:

A partir daí, você abrirá um leque de possibilidades, mas sem destoar do seu objeto central que foi a cor escolhida como predominante. Assim, será possível criar um efeito visual encantador e harmônico, mesmo existindo contraste entre madeiras, mobiliário e objetos do décor.

4 – Eleja um elemento como protagonista para cada ambiente:

Suíte dos avós. Projeto Gabriela Casagrande para CASACOR Paraná 2019.

Seja um móvel, um tapete, ou até mesmo uma cortina, eleja um objeto para atuar como protagonista no seu projeto. Muitos protagonistas em um mesmo cenário confundem a atenção de quem aprecia a obra, por isso equilíbrio sempre. Não se preocupe! O piso de madeira que você escolher atuará a seu favor, contribuindo para que além de conforto visual, você possa desfrutar de um ambiente acolhedor, confortável e infinitamente único.

Ligamospra você